segunda-feira, 29 de março de 2010

Acerto


Por mais que fechemos os olhos e desejemos com toda a força que não aconteça, as coisas à nossa volta vão se desconcertando com o tempo...
Um relógio, de tempos a tempos, precisa de um acerto...
A vida, de tempos a tempos, precisa de um acerto...
Por mais que fujamos somos sempre apanhados...

A vida talvez seja um constante acerto (talvez por não sabermos ao certo o que é certo... talvez porque isso não traz nada de novo e de interessante...)
Talvez a parte boa de tudo isto, seja o facto de que nunca um acerto é igual a outro acerto...
E crescemos tanto com isso...

E aquelas vezes em que tocamos o céu de tanto que crescemos?
Talvez, agora, seja hora de um acerto...


domingo, 21 de março de 2010

Por Ti...


É tão bom sair à rua e encontrar-Te...
Nos olhos, nos sorrisos, nos gestos...
E em cada palavra que vai passando...

É tão bom saber-Te capaz de grandes coisas...
Saber-Te um dom...

É tão bom sair e esbarrar contra Ti...
Numa esquina, num cruzamento...
E ficar de coração escancarado por tal espanto...


É mesmo bom não ter de sair à rua e mesmo assim ser encontrado por Ti...

quarta-feira, 17 de março de 2010

Talvez hoje me sinta assim...


"...à procura do futuro no avesso do passado
O tempo endurece qualquer armadura
E às vezes custa arrancar
Muralhas erguidas à volta do peito
Que não deixam partir nem deixam chegar..."
Mafalda Veiga

segunda-feira, 1 de março de 2010

Favores em cadeia...


... ou antes, Graça...